terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Diário # 8 - Cacos e Xaropes!


Ser mãe é mesmo como dizem "Preocupada por tudo e por nada"!

Mas é  verdade. Passo o fim do Verão a pensar que mal chegue o inverno vão andar sempre doentes. Desde que a mais velha entrou na Pré aos 3 anos que foi uma lista sem fim de idas ai pediatra e xaropes e antibióticos, otites, tosse, traqueítes, laringites, etc etc etc... Então este ano que a mais pequena também entrou na Pré ainda mais pensava nisso. Em setembro mal voltaram para o infantário tiveram logo duas otites, outubro igual, depois em Dezembro só se falava numa gripe descomunal, numa epidemia possível de gripe e eu sempre a cismar nisso. Claro sou mãe! Tenho medo, não quero que nada lhes aconteça, basta terem tosse e o nariz entupido para me preocupar... Só se fala na epidemia de gripe ns notícias em Janeiro todo e cá em casa tudo calmo, quase a acabar Janeiro e nada... Hmmm... Penso... Que estranho... Não estão doentes desde Dezembro... E agora é que posso dizer que realmente me preocupo por tudo e por nada, mas mal falo nisso, começa a tosse cá em casa. Primeiro a mais pequena e 3 dias depois a mais velha...

Então de manhã precisava de abrir o xarope benuron, era um frasco novo, e aquilo é "carrega e vira, carrega e vira..."! Até não poder mais com as dores nas mãos, a dada altura tanto carrega e vira que virou direitinho no chão! Vidros e o xarope meloso por todo o chão da cozinha... As crianças ali perto, os gatos também, afinal onde está a questão da segurança aqui? Mais valia tampas normais! Assim não o tinha partido. Continuando, limpo o chão imaculadamente, para não deixar nenhum caco milimétrico que espete nas patas dos gatos, e nem nenhuma gota de benuron por ali que pudessem lamber porque o benuron é altamente perigoso para os animais. Sigo para a farmácia com as miúdas para comprar um novo e, claro, não sou tola, pedi ao farmacêutico que mo abrisse. Pois sim! Só filmado! Ele "carrega e vira, carrega e vira..." 4 ou 5 vezes e nada, vai lá para dentro, para não passar mais vergonha, certamente, e passado um bocado lá vem ele todo emproado como um peru a dizer que era apenas um problema técnico mas que já estava resolvido!! :D Problemas técnicos com as tampas! Onde já se ouviu?! :D

Quando comprei o benuron, comprei também o actifed xarope, mas como não tem tampa de segurança, não pedi que mo abrissem. À noite, vou abrir o actifed, não abre!, lá estava eu a fazer uma força com as mãos digna dum Jedi e diz a minha filha de 5 anos com todas as naturalidades "Não vais partir esse também, mãe!", eu com vontade de rir digo "não não". Continuo a tentar até me doer a mão e os dedos todos, são aquelas tampas iguais às das garrafas de água grandes de antigamente, muitos xaropes são assim, incluindo o brufen, mas não costuma ser tão difícil! Passei uma faca a toda a volta para cortar os pontinhos que unem a tampa da anilha e nem assim!! Tive que esperar pelo marido e mesmo assim viu-se grego, como se costuma dizer!
São poucos os xaropes que têm tampas perfeitas, na maioria são difíceis de abrir e dependendo do conteúdo ainda pode tornar-se um desafio abrir de novo, porque há xaropes e antibióticos que se não limparmos a tampa e o gargalo a cada vez, colam completamente.

Mais importante do que as tampas de segurança é ter as coisas fora do alcance das crianças porque outros medicamentos haverão sem qualquer segurança e tudo o que são frascos, sejam xaropes ou gotas eles podem deixar cair e partir. Não é suposto deixar nenhuma criança pegar em xaropes ou medicamentos. É verdade que tem que se proteger os medicamentos das crianças, mas por isso é que os devemos colocar sempre em sítios onde eles não chegam e até podemos fechar a porta com um fecho de segurança.

A indústria farmacêutica podia debruçar-se sobre este assunto, um pequeno esforço pelos nossos pequeninos e por nós Mamãs que, muitas vezes sofremos com as chamadas tendinites da maternidade :D
 

Sem comentários:

Enviar um comentário