terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Diario # 3 - A Cruzada da Plasticina

Quem de nós pais ainda não passou pela Cruzada da Plasticina?! :D

Quando eles fazem 3 anos começa a loucura pela plasticina. Eu até gosto de brincar com elas, mas a dada altura parece mesmo uma Cruzada com pedaços milimétricos de plasticina pela casa toda, chão, mesas, cadeiras, sofás, nos brinquedos... Até nas solas das sapatilhas!! Desta vez lembraram-se de estar de cotovelos pousados na mesa a brincar e, adivinhem! Pois, plasticina na roupa, cotovelos, camisola... Ai, eu sei, batas! Mas quando me lembro já é tarde demais :D

E depois para arrumar a plasticina? No início eu só dava uma cor para brincar a cada uma, era mais fácil de controlar depois os estragos :) mas agora há estas coisas novas, conjuntos de plasticina de fazer pastelaria, comida, gelados, penteados, sei lá mais o quê e têm que usar 4 ou mais cores diferentes. Claro elas são pequenas e depois o que acontece é que há pedaços de cores diferentes que se colam uns nos outros e as cores mudam e depois elas não acham piada.

Por fim, cansam-se meia hora depois e a Mãe é que tem que andar pela casa toda com pedaços grandes de plasticina na mão para apanhar os pedaços pequenos de plasticina de 5 ou 6 cores diferentes, e como só tenho duas mãos, tenho que fazer a caça à plasticina pela casa toda umas 3 vezes! Isto porque se as mandar fazer isso, a plasticina vai passar a ser multicolor muito rapidamente. Eu bem digo para brincarem na mesa, e elas brincam, mas a plasticina deve ter poderes "espaciais", ela viaja sem vermos como, e um dia, andamos a arrumar a casa e encontramos plasticina na forma mais dura, numa divisão onde elas nunca mexeram em plasticina, enfiada num brinquedo qualquer... :D



Sem comentários:

Enviar um comentário